Item essencial em qualquer banheiro, a cuba é uma peça que proporciona não só comodidade, como também estilo e personalidade ao ambiente. Talvez esse seja, inclusive, o principal diferencial da cuba em relação à pia, já que essa segunda peça é mais tradicional, padronizada e impacta menos na decoração do espaço.

As cubas estão disponíveis em diversos modelos, cores e materiais, atendendo a diferentes propostas e necessidades. Por isso, antes de comprar a cuba para o seu banheiro, é importante analisar bem seu ambiente para fazer a melhor escolha. Preparamos esse guia para te ajudar nessa missão, confira!

Tipos de cuba

O primeiro passo ao escolher a cuba é conhecer os modelos oferecidos no mercado. Eles variam entre possibilidades de espaço, design, valores e facilidade de instalação.

Apoio

Modernas e fáceis de instalar, são as mais utilizadas nos projetos atuais. A cuba fica apoiada sobre a bancada, o que garante economia de espaço e suaviza o ambiente.

Semiencaixe

Nesse modelo, parte da cuba fica apoiada na bancada e a outra parte fica aparente. Cai bem em ambientes menores, onde a área da bancada é mais estreita. Confere um design arrojado ao banheiro.

Sobrepor

Cubas em que a borda superior ou parte de sua altura fica aparente acima da bancada. Essa peça libera mais espaço na bancada, já que apenas parte dela fica para cima. É também uma opção econômica e com ampla variedade no mercado.

Cuba Sobrepor

Esculpidas

São cubas feitas em mármore, granito ou porcelanato, geralmente no mesmo material da bancada. Modernas, deixam o ambiente sofisticado no ato, mas demandam um bom projeto e mão de obra eficiente na instalação para atingir o resultado desejado.

Embutir

Como o próprio nome sugere, são cubas embutidas nas bancadas, coladas pela parte de baixo. Essa peça é a mais popular, por seu valor acessível e fácil manutenção. Geralmente são combinadas com um gabinete embaixo, que serve para guardar produtos e esconder o fundo da peça.

Parede

As cubas de parede dispensam a bancada. São fixadas na parede, com ou sem coluna. Econômicas no valor e no espaço, as cubas desse modelo são ideais para banheiros menores, como lavabos.

Montadas

Essas cubas são integradas à bancada, formando um só material. Essa opção garante um ambiente uniforme, clean e práticas. Destaque para a boa relação de custo/benefício da peça.

Leia também: 4 dicas para você reformar seu banheiro neste mês

Modelo da cuba x Tamanho do banheiro

Outro ponto fundamental ao escolher a cuba é estudar o tamanho do seu banheiro. Em espaços menores, o mais indicado é usar uma cuba de semiencaixe, aproveitando ao máximo da profundidade da bancada para fixar a cuba.

O tamanho da bancada também merece atenção, bem como a altura da sua instalação, que deve ser feita após a escolha da cuba. Assim, você garante o aproveitamento do espaço, bem como a plena usabilidade das peças. Já imaginou ter que se abaixar muito para lavar as mãos? Praticidade deve ser a palavra de ordem ao se planejar um ambiente!

Fizemos um post aqui no blog com dicas de como escolher a melhor torneira para o banheiro. Acesse e saiba mais sobre como a escolha da cuba influência na instalação dos demais móveis e acessórios do seu ambiente. 

Qual medida ideal da cuba?

Não há medidas fixas a serem seguidas, mas o cálculo para a altura é sempre a partir da borda da cuba, ou seja, a parte mais alta dela, até o chão. A altura da bancada recomendada é de 80 a 90cm, dependendo da altura das pessoas que irão usar o banheiro.

Agora ficou fácil escolher sua cuba ideal, né?

Tendências

Se você quer deixar seu banheiro com ares modernos, vale investir nas cubas escuras. Cores como grafite, preto fosco, verde, bege e marrom estão em alta na decoração. Outra tendência para ficar de olho são as cubas artesanais e sustentáveis, feitas com materiais reutilizados.

Instalação

Já definiu qual modelo se encaixa mais na sua necessidade? Antes de finalizar a compra, confira algumas dicas de instalação da peça para saber quais materiais você deve acrescentar na sua lista.

O processo de instalação da cuba é simples. A peça é fixada por silicone incolor ou massa plástica. O ideal é que ela seja instalada de maneira centralizada na bancada. Em geral esse serviço é feito pela marmoraria, mas, caso você queira fazer sua própria instalação, confira nosso passo a passo:

1 – Feche o registro geral (registro de gaveta) e verifique se não está passando água pelos canos e torneira;

2 – Faça a limpeza e preparação da bancada com detergente e, após a secagem, utilize também álcool. Demarque onde será apoiada a cuba e verifique se o furo da torneira e saída de água para o sifão estão posicionados corretamente. Tudo deve ser fixado nas distâncias ideais analisando o conjunto torneira, cuba e sifão;

3 – Aplique silicone ou massa plástica na parte inferior da cuba em toda sua extensão com aproximadamente 2,5cm de espessura. Logo após, apoie a cuba sobre a demarcação desejada. Seu peso próprio irá assentá-la.

4 – Após esperar a secagem, faça toda instalação hidráulica (torneira, válvula e sifão). Feito isso, aplique silicone na borda inferior da cuba em contato com a bancada, retirando todo excesso e limpando a peça por completo.

Curtiu nosso guia? Então é hora de partir para as compras! Aqui no nosso site você encontra uma ampla variedade de cubas e garante um cupom de desconto exclusivo no valor de R$100. Baixe aqui e aproveite*.

*Consulte condições nas lojas.